Benefícios para Idosos

Consulte o número do benefício do INSS pelo CPF: Fórmula Para Se Aposentar Com 15 Anos De Carteira Assinada

Sem dúvidas, um dos processos mais procurados nos últimos anos é como se aposentar. Dessa forma, o Benefícios do Dia informa como consultar o número do benefício do INSS pelo CPF e os passos para solicitar a aposentadoria com 15 anos de carteira assinada.

Antes de mais nada, é muito importante entender os critérios para dar início ao processo para encerrar a carreira profissional. Nesse modo, o número do benefício do INSS é único e se torna essencial para consultas, seja para aposentar ou garantir benefícios sociais oferecidos pelo Governo Federal.

Inclusive, o número do benefício é informado na carta de concessão, possui 10 números e é fundamental para que o segurado consiga consultar informações sobre seus benefícios. Portanto, as ações são pensão, aposentadoria, auxílio-doença, auxílio-acidente, entre outras possibilidades.

Como consultar o número do benefício do INSS pelo CPF?

Para que o cidadão possa ser beneficiado com diversos programas oferecidos pelo INSS, é necessário realizar a consulta, seja presencial ou online. Para que possa observar todas as opções disponíveis pelo CPF, o brasileiro pode utilizar quatro métodos disponibilizados pelo Instituto Nacional do Seguro Social.

Nesse sentido, confira sua situação cadastral através do site “Meu INSS”, aplicativo “Meu INSS”, central do INSS ou diretamente na agência do INSS. De fato, as quatro opções são as melhores formas para consultar as informações sobre o seu benefício previdenciário, caso não esteja com a numeração do INSS em mãos.

No caso do site, é só acessar o Meu INSS. Contudo, caso queira utilizar o app, basta realizar o download do aplicativo “Meu INSS”, através das lojas online dos sistemas operacionais Android ou iOS. Além disso, também faça a consulta pelo telefone 135, sendo da Central e Agência do INSS.

Como se aposentar com 15 anos de carteira assinada?

É muito importante entender que para aposentar com 15 anos de serviços prestados, no formato CLT, é somente através da aposentadoria especial. Dessa forma, é destinada aos trabalhadores que foram expostos a agentes nocivos à saúde, como químicos, físicos ou biológicos.

Entretanto, é necessário ser de forma contínua e sem interrupção durante o período de trabalho exigido. Portanto, profissionais como mineiros, bombeiros e radiologistas estão entre os beneficiados por essa modalidade.

Por fim, para ter direito à aposentadoria especial, é preciso cumprir com a contribuição mínima e alcançar uma pontuação determinada pelo risco da atividade exercida. Portanto, os critérios são:

  • 15 anos de atividade em funções de alto risco + 66 pontos
  • 20 anos de atividade em funções de médio risco + 76 pontos
  • 25 anos de atividade em funções de baixo risco + 86 pontos

Dito isso, essa pontuação é a soma da idade do trabalhador com o tempo de contribuição.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *