Direitos

Saque-aniversário do FGTS: FESTA para os Trabalhadores que estão inseridos nesse grupo

FGTS. Foto: Reprodução
FGTS. Foto: Reprodução

Em meio a desafios financeiros e calamidades, os trabalhadores brasileiros encontram uma nova chance de acessar seus fundos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

A saber, a partir de 15 de junho de 2024 até 31 de dezembro, eles poderão realizar o saque emergencial, podendo retirar até R$ 6.220 de suas contas bloqueadas.

Essa iniciativa, voltada principalmente para aqueles atingidos por desastres ou em situações extremas, chega como um alívio crucial em momentos de necessidade aguda.

O Que é o Saque Emergencial do FGTS?

O saque emergencial do FGTS, apelidado de “saque-calamidade”, é uma medida adotada para apoiar os trabalhadores que enfrentam dificuldades financeiras significativas, especialmente após eventos trágicos que assolaram certas regiões do país. Essa janela de oportunidade permite que os trabalhadores com saldo em contas ativas ou inativas do FGTS, principalmente aqueles vinculados a áreas declaradas em situação de calamidade pública, possam acessar esses recursos de forma mais ágil.

Quem Pode Solicitar o Saque Emergencial?

A elegibilidade para o saque emergencial do FGTS é definida principalmente pela localidade da conta vinculada e pela disponibilidade de fundos nela. Trabalhadores cujas contas estejam relacionadas a cidades afetadas por desastres e declaradas em situação de calamidade pública são os principais beneficiários desta iniciativa.

Como Realizar o Saque Emergencial?

Para facilitar o acesso aos recursos, a Caixa Econômica Federal disponibilizou o aplicativo FGTS, que pode ser baixado em dispositivos móveis. Por meio deste aplicativo, é possível realizar a solicitação de saque diretamente, indicando a conta bancária para depósito do valor solicitado, sem a necessidade de ir até uma agência.

Prazos e Procedimentos

O período de solicitação para o saque emergencial do FGTS foi estabelecido com o objetivo de permitir que os trabalhadores possam se planejar adequadamente. A Caixa Econômica Federal, responsável pela gestão dos recursos, definiu este intervalo de 15 de junho de 2024 a 31 de dezembro, visando garantir a correta execução de todos os procedimentos necessários.

Além disso, a Caixa Econômica Federal deu início ao pagamento do saque-aniversário do FGTS para os cidadãos nascidos no mês de junho, abrindo uma janela de oportunidades para esses beneficiários.

O Que é o Saque-Aniversário do FGTS?

O saque-aniversário do FGTS é uma modalidade que permite aos trabalhadores retirar uma parcela do saldo de sua conta vinculada ao FGTS anualmente, no mês de seu aniversário. Essa alternativa foi introduzida em abril de 2020 e desde então tem sido adotada por milhões de brasileiros. Ao optar por essa opção, o trabalhador abre mão do saque por rescisão de contrato de trabalho, mas ganha a flexibilidade de acessar uma parte de seus recursos de forma regular.

Quem Pode Aderir ao Saque-Aniversário?

O saque-aniversário do FGTS está disponível para todos os trabalhadores que possuem uma conta vinculada ao FGTS. Para acessar esse benefício, é necessário que o trabalhador faça a opção pelo saque-aniversário até o último dia do mês de seu aniversário. Essa escolha pode ser realizada por meio do aplicativo do FGTS, site da Caixa Econômica Federal, internet banking ou em uma agência bancária.

Valores Disponíveis para Saque

O valor que o trabalhador pode sacar anualmente varia de acordo com o saldo existente em sua conta do FGTS. A Caixa disponibiliza uma tabela com os percentuais e parcelas fixas que podem ser retirados, conforme o montante acumulado. Essa informação é importante para que o beneficiário possa planejar e gerenciar seus recursos de forma eficiente.

Prazos e Procedimentos para o Saque

Após a opção pelo saque-aniversário, o trabalhador pode acessar o valor disponibilizado até o último dia útil do segundo mês após o recebimento do direito ao saque. Caso o saque não seja realizado dentro desse prazo, o montante retornará automaticamente para a conta vinculada ao FGTS do trabalhador.

O crédito do benefício é feito diretamente na conta poupança digital Caixa Tem do trabalhador. No entanto, se o beneficiário preferir receber o valor em outra conta bancária, é possível solicitar essa transferência pelo aplicativo do FGTS.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *