Notícias

PRESENTE do PIS/Pasep: Caixa libera R$823 para quem está inserido nesse grupo; veja como funciona

Os programas PIS/Pasep foram criados para integrar o trabalhador do setor privado e do setor público, respectivamente, ao desenvolvimento das empresas e órgãos públicos. Eles são financiados por contribuições pagas por empregadores e visam proporcionar benefícios aos trabalhadores, como o abono salarial e o rendimento do PIS/Pasep.

O PIS é administrado pela Caixa Econômica Federal e é destinado aos trabalhadores do setor privado. Já o Pasep é administrado pelo Banco do Brasil e atende os servidores públicos. Os benefícios desses programas são importantes para complementar a renda dos trabalhadores brasileiros, ajudando-os a enfrentar despesas básicas e a melhorar sua qualidade de vida.

Anualmente, os trabalhadores que se enquadram nos requisitos estabelecidos podem receber um abono salarial, cujo valor é calculado com base no tempo de trabalho durante o ano-base e no salário médio recebido. Além disso, o rendimento do PIS/Pasep também é distribuído aos participantes que possuem saldo nas contas individuais dos programas.

Caixa libera R$823 para quem tem Conta Poupança; veja como funciona

A Caixa Econômica Federal confirmou que trabalhadores com conta poupança receberão valores significativos referentes ao abono salarial do PIS/Pasep, baseado no período trabalhado em 2022. Cada mês trabalhado em 2022 garantirá o pagamento de R$ 117,67 para o trabalhador. Por exemplo, aqueles que trabalharam apenas sete meses receberão R$ 823,66, enquanto aqueles que trabalharam todos os meses do ano receberão o valor integral de R$ 1.412.

Para ter direito ao abono salarial, o trabalhador deve estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos, ter trabalhado com carteira assinada por pelo menos 30 dias no ano-base (2022) e ter recebido uma média salarial de até dois salários mínimos mensais. Além disso, é necessário que os dados do trabalhador tenham sido corretamente informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Como abrir uma conta PIS/Pasep

Passo 1: Inscrição no PIS/Pasep

A inscrição no PIS é realizada pelo empregador no momento da contratação do trabalhador. Esse processo é feito através do preenchimento do Documento de Cadastramento do NIS (Número de Identificação Social) no sistema da Caixa Econômica Federal. No caso do Pasep, a inscrição é feita pelo órgão público empregador através do sistema do Banco do Brasil.

Passo 2: Verificação da Inscrição

Para verificar se você está inscrito no PIS/Pasep, você pode acessar o site da Caixa Econômica Federal ou do Banco do Brasil, dependendo do seu setor de trabalho (privado ou público). Também é possível verificar essa informação diretamente nas agências dessas instituições, apresentando um documento de identificação com foto.

Passo 3: Consulta ao Saldo

Os trabalhadores podem consultar o saldo de suas contas PIS/Pasep online, por meio do site da Caixa Econômica Federal (para PIS) ou do Banco do Brasil (para Pasep). Também é possível fazer essa consulta através dos aplicativos móveis dessas instituições. Para isso, é necessário ter em mãos o número do PIS/Pasep e uma senha cadastrada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *