Benefícios para Idosos

Novo RG para idosos: Idoso ganham benefício exclusivo e validade vitalícia e saltam de alegria

O Governo Federal decidiu substituir o RG e emitiu um excelente comunicado aos idosos em 2024. Dessa forma, o documento que entrará no lugar do Registro Geral é a Carteira de Identidade Nacional (CIN). Ao contrário do RG, o grupo da Terceira Idade será beneficiado e poderá ter o benefício vitalício.

Ou seja, não terá a necessidade de ficar renovando todos os anos. Nesse sentido, o novo documento promete simplificar a vida dos cidadãos, integrando informações e adicionando conveniência na versão digital. Inclusive, a CIN ganha mais relevância, tornando-se o número único de identificação do cidadão brasileiro.

Segundo as informações divulgadas, apenas brasileiros com 60 anos ou mais terão o direito de possuir o documento vitalício. Além disso, não será mais necessário pagar taxas para realizar a emissão, ao contrário do que acontecia com o RG. Contudo, o único valor a ser cobrado será pelos Correios, para que possa ser enviada.

Novo RG será vitalício para idosos

É importante destacar que a Carteira de Identidade Nacional (CIN) chegou para revolucionar a forma como você se identifica no Brasil, trazendo mais segurança, praticidade e acesso a serviços digitais. Nesso modo, não precisará carregar um monte de documentos, já que a CIN carregará todas as informações necessárias.

Antes de mais nada, vale destacar que o prazo de validade para idosos, a partir dos 60 anos, é vitalícia e sem custos. Ao contrário das crianças entre zero e 12 anos, que terá validade de cinco anos, e para os brasileiros entre 12 e 59 anos, que possui validade de uma década.

Para poder emitir a documentação, é necessário estar munido da Certidão de nascimento ou casamento (original e cópia simples), CPF (original e cópia simples). comprovante de residência atualizado (original e cópia simples) e o comprovante de pagamento da taxa de emissão (valor varia de acordo com o estado).

Saiba como agendar e receber a CIN 

Logo após definir a emissão da CIN, o documento está apto na maioria dos estados. Portanto, para solicitar o agendamento da CIN é através do método online, no site do instituto de identificação. Assim, tenha os documentos em mãos e escolha a data, hora e local de atendimento mais conveniente.

Para que possa receber a CIN, basta seguir os critérios definidos pelo Governo Federal. Dessa forma, o prazo de entrega da CIN varia de acordo com o estado, mas geralmente leva de 5 a 10 dias úteis. Além disso, é possível acompanhar o status da sua solicitação no site do instituto de identificação.

Por fim, o documento é entregue em formato físico e digital, acessível no aplicativo Gov.br.

Israel Lima

Natural de Bauru, interior de São Paulo, já realizei inúmeros trabalhos na área, seja local como nacionalmente, desde o ano de 2017. Formado em jornalismo pela Universidade do Sagrado Coração, em 2021.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *