Moedas

FESTA: Moedas de R$ 1 das Olimpíadas podem valer até R$ 4,5 mil; saiba onde vender

Moedas de R$ 1 das Olimpíadas. Foto: Reprodução
Moedas de R$ 1 das Olimpíadas. Foto: Reprodução

Com o advento do Pix e a crescente digitalização dos pagamentos, as moedas físicas têm se tornado cada vez mais raras no dia a dia dos brasileiros.

No entanto, durante os anos de vigência do Plano Real, as moedas fizeram muito sucesso e se tornaram uma forma popular de poupar entre a população.

Dentre as moedas comemorativas lançadas ao longo dos anos, as moedas de R$ 1 cunhadas em homenagem aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016 se destacam como verdadeiros itens de colecionador.

Algumas dessas moedas podem chegar a valer até R$ 4.500 quando reunidas, despertando o interesse de numismatas e investidores.

As Moedas Comemorativas das Olimpíadas do Rio 2016

Em 2016, durante a realização dos Jogos Olímpicos na cidade do Rio de Janeiro, o Banco Central do Brasil lançou uma série especial de moedas de R$ 1 com imagens alusivas às modalidades esportivas olímpicas. Ao todo, foram emitidas 17 moedas diferentes, cada uma retratando uma modalidade específica, além de outras representações como os mascotes e a bandeira olímpica.

Essas moedas se tornaram rapidamente objetos de desejo para colecionadores e investidores, dado seu caráter comemorativo e a diminuição gradual da circulação de moedas físicas no país. Sua escassez, aliada à popularidade dos Jogos Olímpicos no Brasil, fez com que algumas dessas moedas atingissem valores surpreendentes no mercado de numismática.

As 17 Moedas Olímpicas e Seus Valores

Dentre as 17 moedas lançadas, destacam-se algumas com cotações particularmente elevadas no mercado de colecionadores. Veja a seguir a lista completa das moedas olímpicas e seus respectivos valores médios:

MoedaValor Médio
AtletismoR$ 300
BasqueteR$ 250
BoxeR$ 200
CanoagemR$ 150
CiclismoR$ 200
EsgrimaR$ 180
FutebolR$ 250
Ginástica ArtísticaR$ 220
HandebolR$ 180
HipismoR$ 150
JudôR$ 200
Levantamento de PesoR$ 180
NataçãoR$ 250
TaekwondoR$ 150
TênisR$ 180
Tiro EsportivoR$ 150
VôleiR$ 220

É importante ressaltar que esses valores médios são apenas uma referência, pois o preço final de cada moeda pode variar consideravelmente de acordo com fatores como estado de conservação, demanda do colecionador e local de venda.

Por Que as Moedas Olímpicas Valem Tanto?

A valorização das moedas comemorativas das Olimpíadas do Rio 2016 se deve a uma combinação de fatores:

  1. Escassez: Com a diminuição gradual do uso de moedas físicas no Brasil, especialmente após a introdução do Pix, a circulação dessas moedas olímpicas se tornou cada vez mais limitada. Isso as torna itens raros e cobiçados pelos colecionadores.
  2. Apelo Comemorativo: O caráter comemorativo das moedas, associado à realização dos Jogos Olímpicos no Brasil, agrega valor simbólico e histórico a esses itens, aumentando sua demanda entre os entusiastas da numismática.
  3. Valorização do Colecionismo: O mercado de colecionismo de moedas, conhecido como numismática, tem se fortalecido no país, com um número crescente de entusiastas dispostos a pagar altos valores por peças raras e exclusivas.
  4. Oportunidade de Investimento: Além dos colecionadores, investidores também têm se interessado pelas moedas olímpicas, enxergando nelas uma oportunidade de valorização do capital ao longo do tempo.

Essa combinação de fatores faz com que algumas dessas moedas alcancem valores surpreendentes, chegando a R$ 300 ou até mesmo R$ 4.500 quando reunidas em uma coleção completa.

Onde Comprar e Vender Moedas Olímpicas

Para quem deseja adquirir ou vender moedas comemorativas das Olimpíadas do Rio 2016, existem diversas opções:

Lojas Especializadas em Numismática

Lojas físicas e online especializadas em numismática são excelentes pontos de partida para quem busca comprar ou vender essas moedas. Esses estabelecimentos contam com expertise no mercado de colecionismo e podem oferecer assessoria sobre o valor justo das peças.

Leilões e Plataformas de Comércio Eletrônico

Leilões presenciais e virtuais também são ambientes propícios para a negociação de moedas olímpicas. Plataformas de comércio eletrônico, como marketplaces, também se destacam como opções convenientes para a compra e venda desses itens.

Grupos de Colecionadores nas Redes Sociais

Grupos de colecionadores nas redes sociais, como Facebook e WhatsApp, podem ser verdadeiras minas de ouro para quem busca adquirir ou alienar moedas olímpicas. Nesses espaços, é possível encontrar compradores e vendedores dispostos a negociar diretamente.

Venda Direta a Colecionadores

Outra alternativa é a venda direta a colecionadores interessados. Esses entusiastas da numismática podem ser encontrados em eventos, feiras e até mesmo por meio de contatos pessoais na comunidade de colecionismo.

Independentemente do canal escolhido, é essencial que o vendedor esteja atento às tendências de mercado e realize uma avaliação criteriosa do estado de conservação e raridade de suas moedas olímpicas para obter o melhor retorno.

Cuidados na Compra e Venda de Moedas Olímpicas

Ao negociar moedas comemorativas das Olimpíadas do Rio 2016, é importante ter alguns cuidados para garantir uma transação segura e vantajosa:

  1. Autenticidade: Certifique-se de que a moeda é genuína, verificando sua numeração, design e detalhes de cunhagem com especialistas confiáveis.
  2. Estado de Conservação: Avalie minuciosamente o estado de conservação da moeda, pois esse fator impacta diretamente seu valor de mercado.
  3. Pesquisa de Preços: Antes de comprar ou vender, faça uma pesquisa sobre os valores praticados no mercado para moedas similares em condições semelhantes.
  4. Negociação Justa: Ao vender, evite abusar da escassez das moedas e pratique preços justos. Ao comprar, esteja disposto a pagar um valor justo pela peça.
  5. Documentação Adequada: Exija e forneça documentação comprobatória da transação, como notas fiscais e recibos, para garantir a segurança da negociação.

Seguindo essas orientações, você poderá aproveitar as oportunidades do mercado de moedas olímpicas de forma segura e lucrativa, seja como colecionador ou investidor.

Thaymã Rocha

Especialista em Redação, escreve textos para o Benefícios do Dia com temas de Benefícios Sociais, Direitos do Trabalhador e Economia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *