Notícias

Mcdonald’s comunica FIM de serviço vital em junho fechando mais de 100 restaurantes

McDonald's. Foto: Reprodução
McDonald’s. Foto: Reprodução

O mundo do fast-food está passando por uma transformação dramática, e a gigante McDonald’s não é exceção. Após um projeto-piloto de dois anos, a empresa anunciou o fim de seu serviço de drive-thru operado por Inteligência Artificial (IA) em mais de 100 restaurantes nos Estados Unidos.

Essa decisão marca o encerramento de uma parceria entre a McDonald’s e a IBM, que tinha como objetivo melhorar a eficiência e a velocidade dos pedidos dos clientes através de um sistema de reconhecimento de voz.

No entanto, apesar dos avanços iniciais, a rede de fast-food decidiu descontinuar o projeto até o final de julho de 2024, citando desafios na interpretação de diferentes sotaques e dialetos.

Por que a McDonald’s Decidiu Encerrar o Projeto de Drive-Thru Movido a IA?

De acordo com o comunicado interno da empresa, embora o teste da IA no atendimento ao cliente tenha apresentado resultados positivos até o momento, a McDonald’s acredita que há uma oportunidade de explorar soluções de pedidos por voz de forma mais ampla. O vice-presidente sênior e diretor da rede nos EUA, Mason Smoot, afirmou que “há uma oportunidade de explorar soluções de pedidos por voz de forma mais ampla”.

Essa decisão ocorre em um momento em que o setor de fast-food está cada vez mais adotando a Inteligência Artificial em suas operações. Outras redes, como a Yum Brands (dona da Taco Bell e KFC), também têm investido em uma “mentalidade AI-first” desde o início deste ano.

No entanto, a McDonald’s parece ter encontrado desafios específicos em seu projeto-piloto, principalmente no que diz respeito à interpretação precisa de diferentes sotaques e dialetos pelos sistemas de reconhecimento de voz. Essa dificuldade acabou afetando a precisão dos pedidos, levando a empresa a reavaliar sua estratégia nessa área.

A Expansão da Presença da McDonald’s na América Latina

Enquanto lida com as mudanças em seus serviços de drive-thru nos Estados Unidos, a McDonald’s continua a expandir sua presença na América Latina. Atualmente, a rede conta com mais de 2.200 restaurantes na região, entre unidades próprias e subfranqueadas, além de mais de 240 McCafés e cerca de 3.300 desert centers.

Essa expansão é acompanhada por um quadro de mais de 100 mil funcionários empregados pela empresa em toda a América Latina. Essa presença massiva demonstra o compromisso da McDonald’s com o mercado latino-americano e seu potencial de crescimento contínuo.

A Concorrência no Setor de Fast-Food

A decisão da McDonald’s de encerrar seu projeto-piloto de drive-thru movido a IA ocorre em um momento de acirrada competição no setor de fast-food. Outras redes, como a Yum Brands (Taco Bell e KFC), também têm investido pesadamente em soluções baseadas em Inteligência Artificial para melhorar a eficiência e a experiência do cliente.

Essa concorrência acirrada pressiona a McDonald’s a se manter atualizada e inovadora em suas ofertas de serviço. A descontinuação do projeto de drive-thru movido a IA pode ser vista como um passo estratégico da empresa para explorar outras alternativas que possam oferecer uma vantagem competitiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *