Bolsa Família

Idosos de 60 anos rpa cima podem ter TV, energia e água de graça; consulte o Cadastro Único pelo CPF

Cadastro Único. Fpto: Reprodução
Cadastro Único. Fpto: Reprodução

Quando se trata de navegar pelos benefícios e programas sociais oferecidos pelo governo, é essencial ter certeza de que você está devidamente cadastrado no sistema.

O Cadastro Único (CadÚnico) é a porta de entrada para diversos auxílios, e saber se você faz parte desse banco de dados pode fazer toda a diferença. Felizmente, existem diferentes maneiras de verificar seu status no CadÚnico usando apenas o número do seu CPF.

Verificando seu Cadastro Único pelo Aplicativo

Uma das formas mais convenientes de saber se você está inscrito no CadÚnico é através do aplicativo oficial. Basta baixá-lo em seu smartphone (Android ou iOS) e seguir alguns passos simples:

  1. Toque na opção “Consulta pelo CPF”.
  2. Insira seu número de CPF e data de nascimento.
  3. Clique em “Consultar” para ver o resultado.

Além disso, o aplicativo também permite que você acesse seu cadastro usando sua conta Gov.br, caso já a possua. Essa alternativa é bastante prática, pois você pode realizar consultas rápidas e obter informações atualizadas sobre seu status no programa.

Verificando seu Cadastro Único pelo Site

Caso prefira acessar o CadÚnico por meio de um computador ou dispositivo móvel, você também pode consultar seu cadastro através do site oficial do programa. Basta seguir estes passos:

  1. Acesse o site cadunico.dataprev.gov.br.
  2. Preencha os campos com seu número de CPF e data de nascimento.
  3. Clique em “Consultar” para visualizar os detalhes do seu cadastro.

Essa opção de consulta online é conveniente, pois você pode realizá-la a qualquer momento, sem a necessidade de se deslocar até um posto de atendimento.

Verificando seu Cadastro Único por Telefone

Além das opções digitais, você também pode saber se está cadastrado no CadÚnico por meio de uma ligação telefônica. Para isso, siga este procedimento:

  1. Disque para o número 121.
  2. Selecione a opção 1 para solicitar atendimento.
  3. Digite 1 para informar que você é um cidadão.
  4. Pressione # para receber atendimento sem o número do NIS.
  5. Informe ao atendente o número do seu CPF para que ele possa verificar seu cadastro.

Essa alternativa é útil para aqueles que preferem um atendimento mais personalizado ou não têm acesso a dispositivos digitais.

Verificando seu Cadastro Único Presencialmente

Se você preferir uma abordagem mais tradicional, também é possível verificar seu status no CadÚnico de forma presencial. Para isso, basta se dirigir ao posto de atendimento mais próximo. Você pode localizar o endereço do posto mais conveniente acessando o site cadunico.dataprev.gov.br e informando seu endereço.

Além dos postos do CadÚnico, você também pode procurar um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou a unidade responsável pelo programa em sua cidade. Lembre-se de levar um documento de identificação e seu CPF para realizar a consulta.

Cadastro Único: O Passaporte para Benefícios Sociais

A pedra angular dessas iniciativas é o Cadastro Único (CadÚnico), um registro nacional que identifica as famílias de baixa renda. Ao se inscrever no CadÚnico, as famílias se tornam elegíveis para uma ampla gama de auxílios governamentais, desde descontos em contas de serviços públicos até transferências de renda.

Parabólica Digital Gratuita: Acesso à Informação e Entretenimento

Uma das iniciativas mais recentes é a distribuição gratuita de parabólicas digitais, visando assegurar que as famílias de baixa renda não percam o acesso aos canais abertos de TV por satélite com a chegada do sinal 5G. Esse programa não apenas garante a continuidade do serviço, mas também oferece melhor qualidade de áudio e vídeo, além de acesso a 100 canais gratuitos.

Abrangência do Programa

Estima-se que 1,5 milhão de pessoas serão beneficiadas por essa iniciativa. O estado de São Paulo lidera o número de municípios contemplados, com 163 cidades participantes, seguido por Santa Catarina (36) e Paraná (33). Para solicitar a instalação, os interessados devem entrar em contato pelo número 0800 729 2404 ou acessar o site sigaantenado.com.br, fornecendo informações pessoais, CPF e o NIS (Número de Identificação Social).

Tarifa Social de Energia Elétrica: Alívio para Contas de Luz

Outra medida crucial é a Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE), que concede descontos substanciais nas contas de luz para consumidores de baixa renda inscritos no CadÚnico. Esses descontos são aplicados de forma escalonada, de acordo com o consumo mensal:

  • De 0 a 30 kWh: desconto de 65%
  • De 31 a 100 kWh: desconto de 40%
  • De 101 a 220 kWh: desconto de 10%
  • Acima de 221 kWh: sem desconto

Além disso, famílias indígenas e quilombolas têm direito a um desconto de 100% nos primeiros 50 kWh, com descontos adicionais para consumos superiores.

Tarifa Social de Água e Esgoto: Acesso a Saneamento Básico

Recentemente regulamentada, a Tarifa Social de Água e Esgoto representa um avanço significativo na promoção da equidade no acesso a serviços básicos. Essa iniciativa oferece um desconto de 50% na menor faixa de consumo para famílias de baixa renda inscritas no CadÚnico.

Critérios de Elegibilidade

Para se qualificar para esse benefício, as famílias devem ter uma renda per capita de até meio salário mínimo ou receber o Benefício de Prestação Continuada (BPC). O desconto se aplica aos primeiros 15 metros cúbicos de água consumidos, com qualquer consumo adicional sendo tarifado normalmente.

Solicitação Automática dos Benefícios

Uma vantagem notável dessas iniciativas é que os benefícios das Tarifas Sociais de Energia Elétrica e de Água e Esgoto são concedidos automaticamente para as famílias elegíveis inscritas no CadÚnico. Não é necessário solicitar diretamente às distribuidoras, mas é crucial manter o cadastro atualizado para garantir o acesso contínuo aos benefícios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *