Geral

Abono Salarial LIBERADO para CPFs 0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8 e 9 e consulta o PIS pelo CPF

Abono Salarial. Foto: Reprodução
Abono Salarial. Foto: Reprodução

É uma notícia muito positiva para milhões de trabalhadores brasileiros! A partir de hoje, os cidadãos nascidos em julho e agosto já podem acessar os recursos do abono salarial dos programas PIS e Pasep.

A Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil são os responsáveis por essa distribuição, que promete movimentar significativamente a economia interna neste período do ano.

A saber, este benefício é parte de um calendário anual estabelecido que beneficia todos os trabalhadores inscritos, seguindo o mês de nascimento ou número final de inscrição, dependendo se o beneficiário faz parte do setor privado ou público.

A medida visa não apenas recompensar o trabalhador brasileiro, mas também estimular a circulação de dinheiro no comércio e serviços.

O Que é o Abono Salarial e Quem Tem Direito?

O abono salarial é uma bonificação paga anualmente aos trabalhadores que atendem a determinados requisitos, como tempo de serviço e faixa salarial. Este benefício é proporcional ao tempo trabalhado durante o ano-base considerado para a apuração.

Para ser elegível ao abono salarial, o trabalhador deve:

  • Estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos.
  • Ter trabalhado formalmente por no mínimo 30 dias no ano-base, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos.
  • Ter suas informações devidamente reportadas pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

O Calendário de Pagamentos do Abono Salarial

O pagamento do abono salarial é organizado em seis lotes, cada um correspondente a períodos específicos do ano, baseados no mês de nascimento ou no número final de inscrição do beneficiário. Para 2024, os pagamentos do PIS, geridos pela Caixa Econômica Federal, e do Pasep, administrados pelo Banco do Brasil, começaram em 15 de fevereiro e seguirão até o dia 27 de dezembro.

Veja o calendário detalhado:

Mês de NascimentoInício do Pagamento
Janeiro15 de fevereiro
Fevereiro15 de março
Março e Abril15 de abril
Maio e Junho15 de maio
Julho e Agosto17 de junho
Setembro e Outubro15 de julho
Novembro e Dezembro15 de agosto

Formas de Recebimento do Abono Salarial

Para receber o abono, os trabalhadores de empresas privadas e servidores públicos têm diferentes maneiras de acesso aos seus benefícios.

Trabalhadores da iniciativa privada com contas na Caixa receberão o depósito diretamente, enquanto os outros poderão optar por receber através da poupança social digital. Os servidores públicos, por sua vez, receberão o abono do Pasep diretamente em suas contas no Banco do Brasil ou poderão realizar a transferência via TED.

Requisitos e Prazos Importantes

É vital que todos os trabalhadores elegíveis se informem sobre os prazos e requisitos para não perderem esse benefício anual. O abono salarial representa uma importante ação de reforço econômico para milhões de brasileiros.

Para mais informações, os trabalhadores podem acessar os sites da Caixa ou do Banco do Brasil, além do aplicativo da Carteira de Trabalho Digital ou o Portal Gov.br.

Entendendo o Programa PIS

O Programa de Integração Social (PIS) é um benefício destinado aos trabalhadores do setor privado que atendem a determinados critérios. Ele é gerenciado pela Caixa Econômica Federal e tem como objetivo promover a integração do trabalhador na vida e no desenvolvimento das empresas.

O PIS foi criado em 1970 e desde então tem sido um importante instrumento de distribuição de renda e valorização do trabalho no Brasil. Ele beneficia milhões de trabalhadores anualmente, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e o fortalecimento da economia nacional.

Entendendo o Programa Pasep

O Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) é um benefício semelhante ao PIS, mas destinado aos servidores públicos. Ele é administrado pelo Banco do Brasil e tem como objetivo promover a integração e o desenvolvimento dos servidores públicos.

O Pasep foi instituído em 1970, juntamente com o PIS, e desde então tem sido um importante mecanismo de valorização e reconhecimento do trabalho realizado pelos servidores públicos no Brasil. Assim como o PIS, o Pasep beneficia milhões de trabalhadores anualmente, contribuindo para a melhoria das condições de vida e o fortalecimento do setor público.

Diferenças entre PIS e Pasep

Embora ambos os programas tenham objetivos e características similares, existem algumas diferenças importantes entre o PIS e o Pasep:

  • O PIS é destinado aos trabalhadores do setor privado, enquanto o Pasep é voltado para os servidores públicos.
  • O PIS é gerenciado pela Caixa Econômica Federal, enquanto o Pasep é administrado pelo Banco do Brasil.
  • Os trabalhadores do setor privado recebem o abono do PIS, enquanto os servidores públicos recebem o abono do Pasep.
  • As regras e prazos de acesso aos benefícios podem variar entre os dois programas.

Como consultar PIS pelo CPF?

Veja como consultar o PIS pelo CPF de 9 jeitos diferentes. Pela internet, basta acessar um dos seguintes sites ou aplicativos: Meu INSS, Carteira de Trabalho Digital, app FGTS, app Caixa Trabalhador, Portal CNIS, app Caixa Tem. Outras formas fora da internet são: carteira de trabalho física ou telefones do INSS ou da CAIXA Econômica Federal.

Veja agora um passo a passo de como consultar o PIS pelo CPF: acesse o site Meu INSS e faça login com sua conta Gov.br, utilizando seu CPF e senha. Na primeira página, navegue pelo menu e selecione “Meu Cadastro”. Pronto! Suas informações cadastrais e o número do PIS serão exibidos.

Quer tentar através de outros sites ou aplicativos? Sem problemas: neste conteúdo vamos te mostrar o que é e como consultar PIS também pelo app Carteira de Trabalho Digital, app FGTS e app Caixa Trabalhador. Siga a leitura.

Thaymã Rocha

Especialista em Redação, escreve textos para o Benefícios do Dia com temas de Benefícios Sociais, Direitos do Trabalhador e Economia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *